ao.mpmn-digital.com
Novas receitas

9 restaurantes que quebram recordes

9 restaurantes que quebram recordes


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


Esses restaurantes e seus chefs fizeram história em grande escala.

Bolo Rei Mais Longo da Padaria Haydel

Nas últimas três semanas, houve nada menos que sete recordes mundiais de alimentos e bebidas, de acordo com o blog do Guinness World Records. O frenesi da comida não se limita apenas aos EUA - a emoção de fazer porções do tamanho de Godzilla de um único prato se estende ao México, Turquia, Japão e Reino Unido.

Claro, é um golpe publicitário óbvio, mas em muitos casos o desafio visa chamar a atenção para um problema ou arrecadar dinheiro para uma causa. Às vezes, é o ponto central de uma celebração gastronômica como o Festival Enchilada de outubro na Cidade do México, onde chefs de restaurantes da área prepararam a enchilada mais longa da história.

Em outros casos, o registro é uma reivindicação de negócios à fama, como a Casa Botín em Madrid, o restaurante mais antigo em funcionamento. Quando faz parte da identidade de um restaurante, de vez em quando eles são chamados para defender seu título, como no caso do Mallie's em Northside, Michigan, que no ano passado bateu o próprio recorde de maior hambúrguer. Os clientes podem comprar uma versão um pouco menor de 150 libras por US $ 499 e tentar comê-la (ou algumas crianças podem simplesmente sentar-se nela - sério).

Quando é um recorde alimentar a ser quebrado, a multidão presente geralmente consegue comer o produto vencedor, o que significa que ele realmente tem que ser saboroso. Alguém que sabe deve calcular todas as medidas corretas, e é quando um chef de verdade é chamado para presidir o cozimento. Os recordes mundiais do Guinness e as estrelas do Michelin podem não coexistir, mas esses nove restaurantes que quebraram recordes ganharam um tipo de distintivo alimentar por direito próprio.


Chefs e restaurantes do Texas obtêm número recorde de acenos semifinalistas de James Beard

Entre as surpresas: O Original Ninfa & # 8217s em Houston faz sua primeira aparição como concorrente a Restaurante Excelente.

Na manhã de quarta-feira, a James Beard Foundation anunciou os semifinalistas em seu prestigioso Chef and Restaurant Awards, e o Texas saiu com força.

O estado conseguiu 27 inscrições em cinco cidades. Esse é o maior número de todos os tempos para o Texas, que conquistou 20 semifinalistas em 2018. (Outro bom ano foi 2013, quando o estado recebeu 25 acenos.) Os prêmios são dados desde 1991 e são amplamente considerados os Oscars da indústria de restaurantes.

Quais são os motivos para esse aumento? Em geral, foi uma questão de crescimento incremental geral, em vez de um grande salto em uma ou duas áreas. Ele também acompanha a crescente presença do Texas & rsquos na cena culinária nacional em geral.

Onde o Texas brilhou? Talvez a maior surpresa seja que Houston & rsquos Original Ninfa & rsquos on Navigation & mdasha restaurant que nunca foi nomeado antes & mdashis está concorrendo a Outstanding Restaurant. Na categoria sem surpresa, o vencedor do Beard, Chris Shepherd, foi indicado para Melhor Chef (o chef de Houston tem três restaurantes: Georgia James, One Fifth Mediterranean e UB Preserv, todos os quais recentemente conquistaram o primeiro lugar na lista anual Texas Monthly & rsquos de melhores novos restaurantes do estado). O Texas consegue dois candidatos no slot de Best New Restaurant: Suerte, em Austin, e Petra and the Beast, em Dallas. O Chef Jonathan & ldquoJonny & rdquo Rhodes do Restaurant Indigo, em Houston, foi nomeado para o prestigioso prêmio Rising Star Chef do Ano. Tracy Vaught foi eleita no concurso de Restaurateur Outstanding & mdashshe dirige o H Town Restaurant Group, que inclui Hugo & rsquos, Caracol e Xochi.

Para o programa Outstanding Wine, Houston tem um concorrente conhecido: Pappas Bros. Steakhouse na Galleria. Dois texanos concorrem ao prêmio de melhor produtor de vinho, cerveja ou destilados: Jeffrey Stuffings, da Jester King Brewery, em Austin, e Kim McPherson, da McPherson Cellars, em Lubbock. Como Outstanding Bar Program, Houston & rsquos Anvil Bar & amp Refuge está fazendo mais uma aparição, tendo sido indicado várias vezes no passado.

Para Outstanding Pastry Chef, o Texas recebeu dois acenos: a semifinalista de longa data Laura Sawicki, da Launderette, em Austin, e o estreante Ricardo & ldquoRicchi & rdquo Sanchez, da Bullion, em Dallas. Na arena de serviços excepcionais, as duas maiores cidades do Texas e rsquos têm esperanças: o French Room, em Dallas, e Hugo & rsquos e Tony & rsquos, ambos em Houston.

A competição de chefs regionais do sudoeste é uma área na qual o Texas historicamente tem se saído muito bem. Este ano, os doze semifinalistas do estado são: Austin: Iliana de la Vega de El Naranjo (uma semifinalista estreante), Kevin Fink de Emmer & amp Rye, Bryce Gilmore de Barley Swine, Michael Fojtasek de Olamaie e Maribel Rivero de Yuyo ( também novo na lista). Dallas: Bruno Davaillon do Bullion, Regino Rojas do Pur & eacutepecha Room do Revolver Taco Lounge e David Uygur da Lucia. Área de Houston: Kaiser Lashkari do Himalaia (novo na lista), Trong Nguyen da Crawfish & amp Noodles e Ronnie Killen da Killen & rsquos Steakhouse, em Pearland. San Antonio: Steve McHugh da Cured.

Tudo isso é indicativo da crescente presença nacional do Texas & rsquos como uma potência culinária. Além dos Beards, o estado aparece frequentemente em listas de melhores restaurantes e chefs, compiladas por Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Desde 2000, seis chefs do Texas foram nomeados vencedores na categoria de chef regional Beard Awards & rsquo Southwest. (Se você estiver curioso, os seis vencedores regionais do sudoeste mencionados acima são Shepherd of Underbelly, Justin Yu de Oxheart e Hugo Ortega de Hugo & rsquos & mdashall de Houston & mdashand Tyson Cole de Uchi, Paul Qui de Qui e Aaron Franklin de Franklin Barbecue, todos de Austin. teve semifinalistas e nomeados significativos, mas nenhum vencedor, nesse período de tempo.)

Os indicados ao Beard Awards serão anunciados em uma entrevista coletiva em Houston (outro degrau no cinturão do Texas e rsquos) em 27 de março e os vencedores em Chicago na gala anual da Foundation & rsquos em 6 de maio.


Chefs e restaurantes do Texas obtêm número recorde de acenos semifinalistas de James Beard

Entre as surpresas: O Original Ninfa & # 8217s em Houston faz sua primeira aparição como concorrente a Restaurante Excelente.

Na manhã de quarta-feira, a James Beard Foundation anunciou os semifinalistas em seu prestigioso Chef and Restaurant Awards, e o Texas saiu com força.

O estado conseguiu 27 inscrições em cinco cidades. Esse é o maior número de todos os tempos para o Texas, que conquistou 20 semifinalistas em 2018. (Outro bom ano foi 2013, quando o estado recebeu 25 acenos.) Os prêmios são dados desde 1991 e são amplamente considerados os Oscars da indústria de restaurantes.

Quais são os motivos para explicar o aumento? Em geral, foi uma questão de crescimento incremental geral, em vez de um grande salto em uma ou duas áreas. Ele também acompanha a presença crescente do Texas & rsquos na cena culinária nacional em geral.

Onde o Texas brilhou? Talvez a maior surpresa seja que Houston & rsquos Original Ninfa & rsquos on Navigation & mdasha restaurant, que nunca foi nomeado antes, & mdash está concorrendo a Outstanding Restaurant. Na categoria sem surpresa, o vencedor do Beard, Chris Shepherd, foi indicado para Outstanding Chef (o chef de Houston tem três restaurantes: Georgia James, One Fifth Mediterranean e UB Preserv, todos os quais recentemente conquistaram o primeiro lugar na lista anual de Texas Monthly & rsquos de melhores novos restaurantes do estado). O Texas consegue dois candidatos no slot de Best New Restaurant: Suerte, em Austin, e Petra and the Beast, em Dallas. O Chef Jonathan & ldquoJonny & rdquo Rhodes do Restaurant Indigo, em Houston, foi nomeado para o prestigioso prêmio Rising Star Chef do Ano. Tracy Vaught foi eleita no concurso de Restaurateur Outstanding & mdashshe dirige o H Town Restaurant Group, que inclui Hugo & rsquos, Caracol e Xochi.

Para o programa Outstanding Wine, Houston tem um concorrente conhecido: Pappas Bros. Steakhouse na Galleria. Dois texanos concorrem ao prêmio de melhor produtor de vinho, cerveja ou destilados: Jeffrey Stuffings, da Jester King Brewery, em Austin, e Kim McPherson, da McPherson Cellars, em Lubbock. Como Outstanding Bar Program, Houston & rsquos Anvil Bar & amp Refuge está fazendo mais uma aparição, tendo sido indicado várias vezes no passado.

Para Outstanding Pastry Chef, o Texas recebeu dois acenos: a semifinalista de longa data Laura Sawicki, da Launderette, em Austin, e o estreante Ricardo & ldquoRicchi & rdquo Sanchez, da Bullion, em Dallas. Na arena de serviços excepcionais, as duas maiores cidades do Texas e rsquos têm candidatos: o French Room, em Dallas, e Hugo & rsquos e Tony & rsquos, ambos em Houston.

A competição de chefs regionais do sudoeste é uma área na qual o Texas historicamente tem se saído muito bem. Este ano, os doze semifinalistas do estado são: Austin: Iliana de la Vega de El Naranjo (uma semifinalista estreante), Kevin Fink de Emmer & amp Rye, Bryce Gilmore de Barley Swine, Michael Fojtasek de Olamaie e Maribel Rivero de Yuyo ( também novo na lista). Dallas: Bruno Davaillon do Bullion, Regino Rojas do Pur & eacutepecha Room do Revolver Taco Lounge e David Uygur da Lucia. Área de Houston: Kaiser Lashkari do Himalaia (novo na lista), Trong Nguyen da Crawfish & amp Noodles e Ronnie Killen da Killen & rsquos Steakhouse, em Pearland. San Antonio: Steve McHugh da Cured.

Tudo isso é indicativo da crescente presença nacional do Texas & rsquos como uma potência culinária. Além dos Beards, o estado aparece frequentemente em listas de melhores restaurantes e chefs, compiladas por Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Desde 2000, seis chefs do Texas foram nomeados vencedores na categoria de chef regional Beard Awards & rsquo Southwest. (Se você estiver curioso, os seis vencedores regionais do sudoeste mencionados acima são Shepherd of Underbelly, Justin Yu de Oxheart e Hugo Ortega de Hugo & rsquos & mdashall de Houston & mdashand Tyson Cole de Uchi, Paul Qui de Qui e Aaron Franklin de Franklin Barbecue, todos de Austin. teve semifinalistas e nomeados significativos, mas nenhum vencedor, nesse período de tempo.)

Os indicados ao Beard Awards serão anunciados em uma entrevista coletiva em Houston (outro degrau no cinturão do Texas e rsquos) em 27 de março e os vencedores em Chicago na gala anual da Foundation & rsquos em 6 de maio.


Chefs e restaurantes do Texas obtêm número recorde de acenos semifinalistas de James Beard

Entre as surpresas: O Original Ninfa & # 8217s em Houston faz sua primeira aparição como um candidato a restaurante excelente.

Na manhã de quarta-feira, a James Beard Foundation anunciou os semifinalistas em seu prestigioso Chef and Restaurant Awards, e o Texas saiu com força.

O estado conseguiu 27 inscrições em cinco cidades. Esse é o maior número de todos os tempos para o Texas, que conquistou 20 semifinalistas em 2018. (Outro bom ano foi 2013, quando o estado recebeu 25 acenos.) Os prêmios são dados desde 1991 e são amplamente considerados os Oscars da indústria de restaurantes.

Quais são os motivos para explicar o aumento? Em geral, foi uma questão de crescimento incremental geral, em vez de um grande salto em uma ou duas áreas. Ele também acompanha a presença crescente do Texas & rsquos na cena culinária nacional em geral.

Onde o Texas brilhou? Talvez a maior surpresa seja que Houston & rsquos Original Ninfa & rsquos on Navigation & mdasha restaurant, que nunca foi nomeado antes, & mdash está concorrendo a Outstanding Restaurant. Na categoria sem surpresa, o vencedor do Beard, Chris Shepherd, foi indicado para Outstanding Chef (o chef de Houston tem três restaurantes: Georgia James, One Fifth Mediterranean e UB Preserv, todos os quais recentemente conquistaram o primeiro lugar na lista anual de Texas Monthly & rsquos de melhores novos restaurantes do estado). O Texas consegue dois candidatos no slot de Best New Restaurant: Suerte, em Austin, e Petra and the Beast, em Dallas. O Chef Jonathan & ldquoJonny & rdquo Rhodes do Restaurant Indigo, em Houston, foi nomeado para o prestigioso prêmio Rising Star Chef do Ano. Tracy Vaught foi eleita no concurso de Restaurateur Outstanding & mdashshe dirige o H Town Restaurant Group, que inclui Hugo & rsquos, Caracol e Xochi.

Para o programa Outstanding Wine, Houston tem um concorrente conhecido: Pappas Bros. Steakhouse na Galleria. Dois texanos concorrem ao prêmio de melhor produtor de vinho, cerveja ou destilados: Jeffrey Stuffings, da Jester King Brewery, em Austin, e Kim McPherson, da McPherson Cellars, em Lubbock. Como Outstanding Bar Program, Houston & rsquos Anvil Bar & amp Refuge está fazendo mais uma aparição, tendo sido indicado várias vezes no passado.

Para Outstanding Pastry Chef, o Texas recebeu dois acenos: a semifinalista de longa data Laura Sawicki, da Launderette, em Austin, e o estreante Ricardo & ldquoRicchi & rdquo Sanchez, da Bullion, em Dallas. Na arena de serviços excepcionais, as duas maiores cidades do Texas e rsquos têm candidatos: o French Room, em Dallas, e Hugo & rsquos e Tony & rsquos, ambos em Houston.

A competição de chefs regionais do sudoeste é uma área na qual o Texas historicamente tem se saído muito bem. Este ano, os doze semifinalistas do estado são: Austin: Iliana de la Vega de El Naranjo (uma semifinalista estreante), Kevin Fink de Emmer & amp Rye, Bryce Gilmore de Barley Swine, Michael Fojtasek de Olamaie e Maribel Rivero de Yuyo ( também novo na lista). Dallas: Bruno Davaillon do Bullion, Regino Rojas do Pur & eacutepecha Room do Revolver Taco Lounge e David Uygur da Lucia. Área de Houston: Kaiser Lashkari do Himalaia (novo na lista), Trong Nguyen da Crawfish & amp Noodles e Ronnie Killen da Killen & rsquos Steakhouse, em Pearland. San Antonio: Steve McHugh da Cured.

Tudo isso é indicativo da crescente presença nacional do Texas & rsquos como uma potência culinária. Além dos Beards, o estado frequentemente aparece em listas de melhores restaurantes e chefs, compiladas por Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Desde 2000, seis chefs do Texas foram nomeados vencedores na categoria de chef regional Beard Awards & rsquo Southwest. (Se você estiver curioso, os seis vencedores regionais do sudoeste mencionados acima são Shepherd of Underbelly, Justin Yu de Oxheart e Hugo Ortega de Hugo & rsquos & mdashall de Houston & mdashand Tyson Cole de Uchi, Paul Qui de Qui e Aaron Franklin de Franklin Barbecue, todos de Austin. teve semifinalistas e nomeados significativos, mas nenhum vencedor, nesse período de tempo.)

Os indicados ao Beard Awards serão anunciados em uma entrevista coletiva em Houston (outro degrau no cinturão do Texas e rsquos) em 27 de março e os vencedores em Chicago na gala anual da Foundation & rsquos em 6 de maio.


Chefs e restaurantes do Texas obtêm número recorde de acenos semifinalistas de James Beard

Entre as surpresas: O Original Ninfa & # 8217s em Houston faz sua primeira aparição como concorrente a Restaurante Excelente.

Na manhã de quarta-feira, a James Beard Foundation anunciou os semifinalistas em seu prestigioso Chef and Restaurant Awards, e o Texas saiu com força.

O estado conseguiu 27 inscrições em cinco cidades. Esse é o maior número de todos os tempos para o Texas, que conquistou 20 semifinalistas em 2018. (Outro bom ano foi 2013, quando o estado recebeu 25 acenos.) Os prêmios são dados desde 1991 e são amplamente considerados os Oscars da indústria de restaurantes.

Quais são os motivos para explicar o aumento? Em geral, foi uma questão de crescimento incremental geral, em vez de um grande salto em uma ou duas áreas. Ele também acompanha a presença crescente do Texas & rsquos na cena culinária nacional em geral.

Onde o Texas brilhou? Talvez a maior surpresa seja que Houston & rsquos Original Ninfa & rsquos on Navigation & mdasha restaurant, que nunca foi nomeado antes, & mdash está concorrendo a Outstanding Restaurant. Na categoria sem surpresa, o vencedor do Beard, Chris Shepherd, foi indicado para Outstanding Chef (o chef de Houston tem três restaurantes: Georgia James, One Fifth Mediterranean e UB Preserv, todos os quais recentemente conquistaram o primeiro lugar na lista anual de Texas Monthly & rsquos de melhores novos restaurantes do estado). O Texas consegue dois candidatos no slot de Best New Restaurant: Suerte, em Austin, e Petra and the Beast, em Dallas. O Chef Jonathan & ldquoJonny & rdquo Rhodes do Restaurant Indigo, em Houston, foi nomeado para o prestigioso prêmio Rising Star Chef do Ano. Tracy Vaught foi eleita no concurso de Restaurateur Outstanding & mdashshe dirige o H Town Restaurant Group, que inclui Hugo & rsquos, Caracol e Xochi.

Para o programa Outstanding Wine, Houston tem um concorrente conhecido: Pappas Bros. Steakhouse na Galleria. Dois texanos concorrem ao prêmio de melhor produtor de vinho, cerveja ou destilados: Jeffrey Stuffings, da Jester King Brewery, em Austin, e Kim McPherson, da McPherson Cellars, em Lubbock. Como Outstanding Bar Program, Houston & rsquos Anvil Bar & amp Refuge está fazendo mais uma aparição, tendo sido indicado várias vezes no passado.

Para Outstanding Pastry Chef, o Texas recebeu dois acenos: a semifinalista de longa data Laura Sawicki, da Launderette, em Austin, e o estreante Ricardo & ldquoRicchi & rdquo Sanchez, da Bullion, em Dallas. Na arena de serviços excepcionais, as duas maiores cidades do Texas e rsquos têm esperanças: o French Room, em Dallas, e Hugo & rsquos e Tony & rsquos, ambos em Houston.

A competição de chefs regionais do sudoeste é uma área na qual o Texas historicamente tem se saído muito bem. Este ano, os doze semifinalistas do estado são: Austin: Iliana de la Vega de El Naranjo (uma semifinalista estreante), Kevin Fink de Emmer & amp Rye, Bryce Gilmore de Barley Swine, Michael Fojtasek de Olamaie e Maribel Rivero de Yuyo ( também novo na lista). Dallas: Bruno Davaillon do Bullion, Regino Rojas do Pur & eacutepecha Room do Revolver Taco Lounge e David Uygur da Lucia. Área de Houston: Kaiser Lashkari do Himalaia (novo na lista), Trong Nguyen da Crawfish & amp Noodles e Ronnie Killen da Killen & rsquos Steakhouse, em Pearland. San Antonio: Steve McHugh da Cured.

Tudo isso é indicativo da crescente presença nacional do Texas & rsquos como uma potência culinária. Além dos Beards, o estado frequentemente aparece em listas de melhores restaurantes e chefs, compiladas por Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Desde 2000, seis chefs do Texas foram nomeados vencedores na categoria de chef regional Beard Awards & rsquo Southwest. (Se você estiver curioso, os seis vencedores regionais do sudoeste mencionados acima são Shepherd of Underbelly, Justin Yu de Oxheart e Hugo Ortega de Hugo & rsquos & mdashall de Houston & mdashand Tyson Cole de Uchi, Paul Qui de Qui e Aaron Franklin de Franklin Barbecue, todos de Austin. teve semifinalistas e nomeados significativos, mas nenhum vencedor, nesse período de tempo.)

Os indicados ao Beard Awards serão anunciados em uma entrevista coletiva em Houston (outro degrau no cinturão do Texas e rsquos) em 27 de março e os vencedores em Chicago na gala anual da Foundation & rsquos em 6 de maio.


Chefs e restaurantes do Texas obtêm número recorde de acenos semifinalistas de James Beard

Entre as surpresas: O Original Ninfa & # 8217s em Houston faz sua primeira aparição como um candidato a restaurante excelente.

Na manhã de quarta-feira, a James Beard Foundation anunciou os semifinalistas em seu prestigioso Chef and Restaurant Awards, e o Texas saiu com força.

O estado conseguiu 27 inscrições em cinco cidades. Esse é o maior número de todos os tempos para o Texas, que conquistou 20 semifinalistas em 2018. (Outro bom ano foi 2013, quando o estado recebeu 25 acenos.) Os prêmios são dados desde 1991 e são amplamente considerados os Oscars da indústria de restaurantes.

Quais são os motivos para esse aumento? Em geral, foi uma questão de crescimento incremental geral, em vez de um grande salto em uma ou duas áreas. Ele também acompanha a presença crescente do Texas & rsquos na cena culinária nacional em geral.

Onde o Texas brilhou? Talvez a maior surpresa seja que Houston & rsquos Original Ninfa & rsquos on Navigation & mdasha restaurant que nunca foi nomeado antes & mdashis está concorrendo a Outstanding Restaurant. Na categoria sem surpresa, o vencedor do Beard, Chris Shepherd, foi indicado para Outstanding Chef (o chef de Houston tem três restaurantes: Georgia James, One Fifth Mediterranean e UB Preserv, todos os quais recentemente conquistaram o primeiro lugar na lista anual de Texas Monthly & rsquos de melhores novos restaurantes do estado). O Texas consegue dois candidatos no slot de Best New Restaurant: Suerte, em Austin, e Petra and the Beast, em Dallas. O Chef Jonathan & ldquoJonny & rdquo Rhodes do Restaurant Indigo, em Houston, foi nomeado para o prestigioso prêmio Rising Star Chef do Ano. Tracy Vaught foi eleita no concurso de Restaurateur Outstanding & mdashshe dirige o H Town Restaurant Group, que inclui Hugo & rsquos, Caracol e Xochi.

Para o programa Outstanding Wine, Houston tem um concorrente conhecido: Pappas Bros. Steakhouse na Galleria. Dois texanos concorrem ao prêmio de melhor produtor de vinho, cerveja ou destilados: Jeffrey Stuffings, da Jester King Brewery, em Austin, e Kim McPherson, da McPherson Cellars, em Lubbock. Como Outstanding Bar Program, Houston & rsquos Anvil Bar & amp Refuge está fazendo mais uma aparição, tendo sido indicado várias vezes no passado.

Para Outstanding Pastry Chef, o Texas recebeu dois acenos: a semifinalista de longa data Laura Sawicki, da Launderette, em Austin, e o estreante Ricardo & ldquoRicchi & rdquo Sanchez, da Bullion, em Dallas. Na arena de serviços excepcionais, as duas maiores cidades do Texas e rsquos têm esperanças: o French Room, em Dallas, e Hugo & rsquos e Tony & rsquos, ambos em Houston.

A competição de chefs regionais do sudoeste é uma área na qual o Texas historicamente tem se saído muito bem. Este ano, os doze semifinalistas do estado são: Austin: Iliana de la Vega de El Naranjo (uma semifinalista estreante), Kevin Fink de Emmer & amp Rye, Bryce Gilmore de Barley Swine, Michael Fojtasek de Olamaie e Maribel Rivero de Yuyo ( também novo na lista). Dallas: Bruno Davaillon do Bullion, Regino Rojas do Pur & eacutepecha Room do Revolver Taco Lounge e David Uygur da Lucia. Área de Houston: Kaiser Lashkari do Himalaia (novo na lista), Trong Nguyen da Crawfish & amp Noodles e Ronnie Killen da Killen & rsquos Steakhouse, em Pearland. San Antonio: Steve McHugh da Cured.

Tudo isso é indicativo da crescente presença nacional do Texas & rsquos como uma potência culinária. Além dos Beards, o estado frequentemente aparece em listas de melhores restaurantes e chefs, compiladas por Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Desde 2000, seis chefs do Texas foram nomeados vencedores na categoria de chef regional Beard Awards & rsquo Southwest. (Se você estiver curioso, os seis vencedores regionais do sudoeste mencionados acima são Shepherd of Underbelly, Justin Yu de Oxheart e Hugo Ortega de Hugo & rsquos & mdashall de Houston & mdashand Tyson Cole de Uchi, Paul Qui de Qui e Aaron Franklin de Franklin Barbecue, todos de Austin. teve semifinalistas e nomeados significativos, mas nenhum vencedor, nesse período de tempo.)

Os indicados ao Beard Awards serão anunciados em uma coletiva de imprensa em Houston (outro nível no cinturão do Texas e rsquos) em 27 de março e os vencedores em Chicago na gala anual da Foundation & rsquos em 6 de maio.


Chefs e restaurantes do Texas obtêm número recorde de acenos semifinalistas de James Beard

Entre as surpresas: O Original Ninfa & # 8217s em Houston faz sua primeira aparição como concorrente a Restaurante Excelente.

Na manhã de quarta-feira, a James Beard Foundation anunciou os semifinalistas em seu prestigioso Chef and Restaurant Awards, e o Texas saiu com força.

O estado conseguiu 27 inscrições em cinco cidades. Esse é o maior número de todos os tempos para o Texas, que conquistou 20 semifinalistas em 2018. (Outro bom ano foi 2013, quando o estado recebeu 25 acenos.) Os prêmios são dados desde 1991 e são amplamente considerados os Oscars da indústria de restaurantes.

Quais são os motivos para explicar o aumento? Em geral, foi uma questão de crescimento incremental geral, em vez de um grande salto em uma ou duas áreas. Ele também acompanha a presença crescente do Texas & rsquos na cena culinária nacional em geral.

Onde o Texas brilhou? Talvez a maior surpresa seja que Houston & rsquos Original Ninfa & rsquos on Navigation & mdasha restaurant que nunca foi nomeado antes & mdashis está concorrendo a Outstanding Restaurant. Na categoria sem surpresa, o vencedor do Beard, Chris Shepherd, foi indicado para Melhor Chef (o chef de Houston tem três restaurantes: Georgia James, One Fifth Mediterranean e UB Preserv, todos os quais recentemente conquistaram o primeiro lugar na lista anual Texas Monthly & rsquos de melhores novos restaurantes do estado). O Texas consegue dois candidatos no slot de Best New Restaurant: Suerte, em Austin, e Petra and the Beast, em Dallas. O Chef Jonathan & ldquoJonny & rdquo Rhodes do Restaurant Indigo, em Houston, foi nomeado para o prestigioso prêmio Rising Star Chef do Ano. Tracy Vaught foi eleita no concurso de Restaurateur Outstanding & mdashshe dirige o H Town Restaurant Group, que inclui Hugo & rsquos, Caracol e Xochi.

Para o programa Outstanding Wine, Houston tem um concorrente conhecido: Pappas Bros. Steakhouse na Galleria. Dois texanos concorrem ao prêmio de melhor produtor de vinho, cerveja ou destilados: Jeffrey Stuffings, da Jester King Brewery, em Austin, e Kim McPherson, da McPherson Cellars, em Lubbock. Como Outstanding Bar Program, Houston & rsquos Anvil Bar & amp Refuge está fazendo mais uma aparição, tendo sido indicado várias vezes no passado.

Para Outstanding Pastry Chef, o Texas recebeu dois acenos: a semifinalista de longa data Laura Sawicki, da Launderette, em Austin, e o estreante Ricardo & ldquoRicchi & rdquo Sanchez, da Bullion, em Dallas. Na arena de serviços excepcionais, as duas maiores cidades do Texas e rsquos têm esperanças: o French Room, em Dallas, e Hugo & rsquos e Tony & rsquos, ambos em Houston.

A competição de chefs regionais do sudoeste é uma área na qual o Texas historicamente tem se saído muito bem. Este ano, os doze semifinalistas do estado são: Austin: Iliana de la Vega de El Naranjo (uma semifinalista estreante), Kevin Fink de Emmer & amp Rye, Bryce Gilmore de Barley Swine, Michael Fojtasek de Olamaie e Maribel Rivero de Yuyo ( também novo na lista). Dallas: Bruno Davaillon do Bullion, Regino Rojas do Pur & eacutepecha Room do Revolver Taco Lounge e David Uygur da Lucia. Área de Houston: Kaiser Lashkari do Himalaia (novo na lista), Trong Nguyen da Crawfish & amp Noodles e Ronnie Killen da Killen & rsquos Steakhouse, em Pearland. San Antonio: Steve McHugh da Cured.

Tudo isso é indicativo da crescente presença nacional do Texas & rsquos como uma potência culinária. Além dos Beards, o estado aparece frequentemente em listas de melhores restaurantes e chefs, compiladas por Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Desde 2000, seis chefs do Texas foram nomeados vencedores na categoria de chef regional Beard Awards & rsquo Southwest. (Se você estiver curioso, os seis vencedores regionais do sudoeste mencionados acima são Shepherd of Underbelly, Justin Yu de Oxheart e Hugo Ortega de Hugo & rsquos & mdashall de Houston & mdashand Tyson Cole de Uchi, Paul Qui de Qui e Aaron Franklin de Franklin Barbecue, todos de Austin. teve semifinalistas e nomeados significativos, mas nenhum vencedor, nesse período de tempo.)

Os indicados ao Beard Awards serão anunciados em uma entrevista coletiva em Houston (outro degrau no cinturão do Texas e rsquos) em 27 de março e os vencedores em Chicago na gala anual da Foundation & rsquos em 6 de maio.


Chefs e restaurantes do Texas obtêm número recorde de acenos semifinalistas de James Beard

Entre as surpresas: O Original Ninfa & # 8217s em Houston faz sua primeira aparição como concorrente a Restaurante Excelente.

Na manhã de quarta-feira, a James Beard Foundation anunciou os semifinalistas em seu prestigioso Chef and Restaurant Awards, e o Texas saiu com força.

O estado conseguiu 27 inscrições em cinco cidades. Esse é o maior número de todos os tempos para o Texas, que conquistou 20 semifinalistas em 2018. (Outro bom ano foi 2013, quando o estado recebeu 25 acenos.) Os prêmios são dados desde 1991 e são amplamente considerados os Oscars da indústria de restaurantes.

Quais são os motivos para explicar o aumento? Em geral, foi uma questão de crescimento incremental geral, em vez de um grande salto em uma ou duas áreas. Ele também acompanha a presença crescente do Texas & rsquos na cena culinária nacional em geral.

Onde o Texas brilhou? Talvez a maior surpresa seja que Houston & rsquos Original Ninfa & rsquos on Navigation & mdasha restaurant que nunca foi nomeado antes & mdashis está concorrendo a Outstanding Restaurant. Na categoria sem surpresa, o vencedor do Beard, Chris Shepherd, foi indicado para Melhor Chef (o chef de Houston tem três restaurantes: Georgia James, One Fifth Mediterranean e UB Preserv, todos os quais recentemente conquistaram o primeiro lugar na lista anual Texas Monthly & rsquos de melhores novos restaurantes do estado). O Texas consegue dois candidatos no slot de Best New Restaurant: Suerte, em Austin, e Petra and the Beast, em Dallas. O Chef Jonathan & ldquoJonny & rdquo Rhodes do Restaurant Indigo, em Houston, foi nomeado para o prestigioso prêmio Rising Star Chef do Ano. Tracy Vaught foi eleita no concurso de Restaurateur Outstanding & mdashshe dirige o H Town Restaurant Group, que inclui Hugo & rsquos, Caracol e Xochi.

Para o programa Outstanding Wine, Houston tem um concorrente conhecido: Pappas Bros. Steakhouse na Galleria. Dois texanos concorrem ao prêmio de melhor produtor de vinho, cerveja ou destilados: Jeffrey Stuffings, da Jester King Brewery, em Austin, e Kim McPherson, da McPherson Cellars, em Lubbock. Como Outstanding Bar Program, Houston & rsquos Anvil Bar & amp Refuge está fazendo mais uma aparição, tendo sido indicado várias vezes no passado.

Para Outstanding Pastry Chef, o Texas recebeu dois acenos: a semifinalista de longa data Laura Sawicki, da Launderette, em Austin, e o estreante Ricardo & ldquoRicchi & rdquo Sanchez, da Bullion, em Dallas. Na arena de serviços excepcionais, as duas maiores cidades do Texas e rsquos têm esperanças: o French Room, em Dallas, e Hugo & rsquos e Tony & rsquos, ambos em Houston.

A competição de chefs regionais do sudoeste é uma área na qual o Texas historicamente tem se saído muito bem. Este ano, os doze semifinalistas do estado são: Austin: Iliana de la Vega de El Naranjo (uma semifinalista estreante), Kevin Fink de Emmer & amp Rye, Bryce Gilmore de Barley Swine, Michael Fojtasek de Olamaie e Maribel Rivero de Yuyo ( também novo na lista). Dallas: Bruno Davaillon do Bullion, Regino Rojas do Pur & eacutepecha Room do Revolver Taco Lounge e David Uygur da Lucia. Área de Houston: Kaiser Lashkari do Himalaia (novo na lista), Trong Nguyen da Crawfish & amp Noodles e Ronnie Killen da Killen & rsquos Steakhouse, em Pearland. San Antonio: Steve McHugh da Cured.

Tudo isso é indicativo da crescente presença nacional do Texas & rsquos como uma potência culinária. Além dos Beards, o estado aparece frequentemente em listas de melhores restaurantes e chefs, compiladas por Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Desde 2000, seis chefs do Texas foram nomeados vencedores na categoria de chef regional Beard Awards & rsquo Southwest. (Se você estiver curioso, os seis vencedores regionais do sudoeste mencionados acima são Shepherd of Underbelly, Justin Yu de Oxheart e Hugo Ortega de Hugo & rsquos & mdashall de Houston & mdashand Tyson Cole de Uchi, Paul Qui de Qui e Aaron Franklin de Franklin Barbecue, todos de Austin. teve semifinalistas e nomeados significativos, mas nenhum vencedor, nesse período de tempo.)

Beard Awards nominees will be announced at a press conference in Houston (another notch in Texas&rsquos belt) on March 27 and winners in Chicago at the foundation&rsquos annual gala on May 6.


Texas Chefs and Restaurants Get Record Number of James Beard Semifinalist Nods

Among the surprises: The Original Ninfa’s in Houston makes its first appearance as a contender for Outstanding Restaurant.

Wednesday morning, the James Beard Foundation announced the semifinalists in its prestigious Chef and Restaurant Awards, and Texas has come out swinging.

The state landed 27 entries in five cities. That&rsquos the largest number ever for Texas, which claimed twenty semifinalists in 2018. (Another good year was 2013, when the state got 25 nods.) The awards have been given since 1991 and are widely regarded as the Oscars of the restaurant industry.

What&rsquos to account for the increase? In general, it was a matter of incremental growth overall rather than a big jump in one or two areas. It also tracks with Texas&rsquos growing presence on the national culinary scene generally.

Where did Texas shine? Perhaps the biggest surprise is that Houston&rsquos Original Ninfa&rsquos on Navigation&mdasha restaurant that has never been nominated before&mdashis up for Outstanding Restaurant. In the no-surprise category, Beard winner Chris Shepherd has been nominated for Outstanding Chef (the Houston chef has three restaurants: Georgia James, One Fifth Mediterranean, and UB Preserv, all of which recently claimed the top spot in Texas Monthly&rsquos annual list of best new restaurants in the state). Texas gets two contenders in the Best New Restaurant slot: Suerte, in Austin, and Petra and the Beast, in Dallas. Chef Jonathan &ldquoJonny&rdquo Rhodes of Restaurant Indigo, in Houston, has been nominated for the prestigious Rising Star Chef of the Year award. Tracy Vaught has been singled out in the Outstanding Restaurateur contest&mdashshe runs the H Town Restaurant Group, which includes Hugo&rsquos, Caracol, and Xochi.

For Outstanding Wine Program, Houston has a well-known entrant: Pappas Bros. Steakhouse at the Galleria. Two Texans are up for Outstanding Wine, Beer, or Spirits Producer: Jeffrey Stuffings of Jester King Brewery, in Austin, and Kim McPherson of McPherson Cellars, in Lubbock. For Outstanding Bar Program, Houston&rsquos Anvil Bar & Refuge is making yet another appearance, having been nominated repeatedly in the past.

For Outstanding Pastry Chef, Texas garnered two nods: long-time semifinalist Laura Sawicki of Launderette, in Austin, and first-timer Ricardo &ldquoRicchi&rdquo Sanchez of Bullion, in Dallas. In the Outstanding Service arena, Texas&rsquos two largest cities both have hopefuls: the French Room, in Dallas, and Hugo&rsquos and Tony&rsquos, both in Houston.

The Southwest regional chef competition is an area in which Texas historically has done very well. This year, the state&rsquos twelve semifinalists are: Austin: Iliana de la Vega of El Naranjo (a first-time semifinalist), Kevin Fink of Emmer & Rye, Bryce Gilmore of Barley Swine, Michael Fojtasek of Olamaie, and Maribel Rivero of Yuyo (also new to the list). Dallas: Bruno Davaillon of Bullion, Regino Rojas of the Purépecha Room by Revolver Taco Lounge, and David Uygur of Lucia. Houston area: Kaiser Lashkari of Himalaya (new to the list), Trong Nguyen of Crawfish & Noodles, and Ronnie Killen of Killen&rsquos Steakhouse, in Pearland. San Antonio: Steve McHugh of Cured.

This is all indicative of Texas&rsquos growing national presence as a culinary powerhouse. In addition to the Beards, the state frequently appears on notable best restaurant and chef lists compiled by Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Since 2000, six Texas chefs have been named winners in the Beard Awards&rsquo Southwest regional chef category. (If you&rsquore curious, the six aforementioned Southwest regional winners are Shepherd of Underbelly, Justin Yu of Oxheart, and Hugo Ortega of Hugo&rsquos&mdashall from Houston&mdashand Tyson Cole of Uchi, Paul Qui of Qui, and Aaron Franklin of Franklin Barbecue, all from Austin. Dallas had significant semifinalists and nominees, but no winners, in that time period.)

Beard Awards nominees will be announced at a press conference in Houston (another notch in Texas&rsquos belt) on March 27 and winners in Chicago at the foundation&rsquos annual gala on May 6.


Texas Chefs and Restaurants Get Record Number of James Beard Semifinalist Nods

Among the surprises: The Original Ninfa’s in Houston makes its first appearance as a contender for Outstanding Restaurant.

Wednesday morning, the James Beard Foundation announced the semifinalists in its prestigious Chef and Restaurant Awards, and Texas has come out swinging.

The state landed 27 entries in five cities. That&rsquos the largest number ever for Texas, which claimed twenty semifinalists in 2018. (Another good year was 2013, when the state got 25 nods.) The awards have been given since 1991 and are widely regarded as the Oscars of the restaurant industry.

What&rsquos to account for the increase? In general, it was a matter of incremental growth overall rather than a big jump in one or two areas. It also tracks with Texas&rsquos growing presence on the national culinary scene generally.

Where did Texas shine? Perhaps the biggest surprise is that Houston&rsquos Original Ninfa&rsquos on Navigation&mdasha restaurant that has never been nominated before&mdashis up for Outstanding Restaurant. In the no-surprise category, Beard winner Chris Shepherd has been nominated for Outstanding Chef (the Houston chef has three restaurants: Georgia James, One Fifth Mediterranean, and UB Preserv, all of which recently claimed the top spot in Texas Monthly&rsquos annual list of best new restaurants in the state). Texas gets two contenders in the Best New Restaurant slot: Suerte, in Austin, and Petra and the Beast, in Dallas. Chef Jonathan &ldquoJonny&rdquo Rhodes of Restaurant Indigo, in Houston, has been nominated for the prestigious Rising Star Chef of the Year award. Tracy Vaught has been singled out in the Outstanding Restaurateur contest&mdashshe runs the H Town Restaurant Group, which includes Hugo&rsquos, Caracol, and Xochi.

For Outstanding Wine Program, Houston has a well-known entrant: Pappas Bros. Steakhouse at the Galleria. Two Texans are up for Outstanding Wine, Beer, or Spirits Producer: Jeffrey Stuffings of Jester King Brewery, in Austin, and Kim McPherson of McPherson Cellars, in Lubbock. For Outstanding Bar Program, Houston&rsquos Anvil Bar & Refuge is making yet another appearance, having been nominated repeatedly in the past.

For Outstanding Pastry Chef, Texas garnered two nods: long-time semifinalist Laura Sawicki of Launderette, in Austin, and first-timer Ricardo &ldquoRicchi&rdquo Sanchez of Bullion, in Dallas. In the Outstanding Service arena, Texas&rsquos two largest cities both have hopefuls: the French Room, in Dallas, and Hugo&rsquos and Tony&rsquos, both in Houston.

The Southwest regional chef competition is an area in which Texas historically has done very well. This year, the state&rsquos twelve semifinalists are: Austin: Iliana de la Vega of El Naranjo (a first-time semifinalist), Kevin Fink of Emmer & Rye, Bryce Gilmore of Barley Swine, Michael Fojtasek of Olamaie, and Maribel Rivero of Yuyo (also new to the list). Dallas: Bruno Davaillon of Bullion, Regino Rojas of the Purépecha Room by Revolver Taco Lounge, and David Uygur of Lucia. Houston area: Kaiser Lashkari of Himalaya (new to the list), Trong Nguyen of Crawfish & Noodles, and Ronnie Killen of Killen&rsquos Steakhouse, in Pearland. San Antonio: Steve McHugh of Cured.

This is all indicative of Texas&rsquos growing national presence as a culinary powerhouse. In addition to the Beards, the state frequently appears on notable best restaurant and chef lists compiled by Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Since 2000, six Texas chefs have been named winners in the Beard Awards&rsquo Southwest regional chef category. (If you&rsquore curious, the six aforementioned Southwest regional winners are Shepherd of Underbelly, Justin Yu of Oxheart, and Hugo Ortega of Hugo&rsquos&mdashall from Houston&mdashand Tyson Cole of Uchi, Paul Qui of Qui, and Aaron Franklin of Franklin Barbecue, all from Austin. Dallas had significant semifinalists and nominees, but no winners, in that time period.)

Beard Awards nominees will be announced at a press conference in Houston (another notch in Texas&rsquos belt) on March 27 and winners in Chicago at the foundation&rsquos annual gala on May 6.


Texas Chefs and Restaurants Get Record Number of James Beard Semifinalist Nods

Among the surprises: The Original Ninfa’s in Houston makes its first appearance as a contender for Outstanding Restaurant.

Wednesday morning, the James Beard Foundation announced the semifinalists in its prestigious Chef and Restaurant Awards, and Texas has come out swinging.

The state landed 27 entries in five cities. That&rsquos the largest number ever for Texas, which claimed twenty semifinalists in 2018. (Another good year was 2013, when the state got 25 nods.) The awards have been given since 1991 and are widely regarded as the Oscars of the restaurant industry.

What&rsquos to account for the increase? In general, it was a matter of incremental growth overall rather than a big jump in one or two areas. It also tracks with Texas&rsquos growing presence on the national culinary scene generally.

Where did Texas shine? Perhaps the biggest surprise is that Houston&rsquos Original Ninfa&rsquos on Navigation&mdasha restaurant that has never been nominated before&mdashis up for Outstanding Restaurant. In the no-surprise category, Beard winner Chris Shepherd has been nominated for Outstanding Chef (the Houston chef has three restaurants: Georgia James, One Fifth Mediterranean, and UB Preserv, all of which recently claimed the top spot in Texas Monthly&rsquos annual list of best new restaurants in the state). Texas gets two contenders in the Best New Restaurant slot: Suerte, in Austin, and Petra and the Beast, in Dallas. Chef Jonathan &ldquoJonny&rdquo Rhodes of Restaurant Indigo, in Houston, has been nominated for the prestigious Rising Star Chef of the Year award. Tracy Vaught has been singled out in the Outstanding Restaurateur contest&mdashshe runs the H Town Restaurant Group, which includes Hugo&rsquos, Caracol, and Xochi.

For Outstanding Wine Program, Houston has a well-known entrant: Pappas Bros. Steakhouse at the Galleria. Two Texans are up for Outstanding Wine, Beer, or Spirits Producer: Jeffrey Stuffings of Jester King Brewery, in Austin, and Kim McPherson of McPherson Cellars, in Lubbock. For Outstanding Bar Program, Houston&rsquos Anvil Bar & Refuge is making yet another appearance, having been nominated repeatedly in the past.

For Outstanding Pastry Chef, Texas garnered two nods: long-time semifinalist Laura Sawicki of Launderette, in Austin, and first-timer Ricardo &ldquoRicchi&rdquo Sanchez of Bullion, in Dallas. In the Outstanding Service arena, Texas&rsquos two largest cities both have hopefuls: the French Room, in Dallas, and Hugo&rsquos and Tony&rsquos, both in Houston.

The Southwest regional chef competition is an area in which Texas historically has done very well. This year, the state&rsquos twelve semifinalists are: Austin: Iliana de la Vega of El Naranjo (a first-time semifinalist), Kevin Fink of Emmer & Rye, Bryce Gilmore of Barley Swine, Michael Fojtasek of Olamaie, and Maribel Rivero of Yuyo (also new to the list). Dallas: Bruno Davaillon of Bullion, Regino Rojas of the Purépecha Room by Revolver Taco Lounge, and David Uygur of Lucia. Houston area: Kaiser Lashkari of Himalaya (new to the list), Trong Nguyen of Crawfish & Noodles, and Ronnie Killen of Killen&rsquos Steakhouse, in Pearland. San Antonio: Steve McHugh of Cured.

This is all indicative of Texas&rsquos growing national presence as a culinary powerhouse. In addition to the Beards, the state frequently appears on notable best restaurant and chef lists compiled by Comida e vinho, Bon App e eacutetit, e Escudeiro. Since 2000, six Texas chefs have been named winners in the Beard Awards&rsquo Southwest regional chef category. (If you&rsquore curious, the six aforementioned Southwest regional winners are Shepherd of Underbelly, Justin Yu of Oxheart, and Hugo Ortega of Hugo&rsquos&mdashall from Houston&mdashand Tyson Cole of Uchi, Paul Qui of Qui, and Aaron Franklin of Franklin Barbecue, all from Austin. Dallas had significant semifinalists and nominees, but no winners, in that time period.)

Beard Awards nominees will be announced at a press conference in Houston (another notch in Texas&rsquos belt) on March 27 and winners in Chicago at the foundation&rsquos annual gala on May 6.


Assista o vídeo: ELA NÃO SABIA QUE ESTAVA SENDO GRAVADA 2


Comentários:

  1. Fenrisida

    Sua frase, simplesmente adorável

  2. Pierson

    olhou e ficou decepcionado ..........

  3. Zushura

    Muito obrigado a você, uma nota muito relevante.



Escreve uma mensagem