Novas receitas

Por que os Pitmasters da Churrascaria usam luvas pretas?

Por que os Pitmasters da Churrascaria usam luvas pretas?


Estamos fazendo as perguntas difíceis aqui no The Daily Meal

Elas Faz parece muito durão.

Se você tem mantido o controle sobre de Rigeur acessórios para mestres de churrasco hoje em dia, você provavelmente notou que quase todos eles, quando eles usam luvas, optam por usar as pretas como azeviche. Nunca vimos ninguém usando luvas pretas exceto pra quem trabalha com churrasco, aliás, então… o que dá?

Na verdade, existem algumas razões diferentes pelas quais os pitmasters usam luvas pretas. Em primeiro lugar, sim, eles parecem legais. Churrasco é realmente uma bagunça, e a cor preta faz um trabalho muito melhor em esconder todas as manchas de graxa, molho e esfregão do que as luvas de serviço de alimentação padrão.

Além disso, os churrasqueiros preferem usar luvas de nitrila (feitas de borracha sintética) em vez das de látex ou de vinil, por diversos motivos. Eles são muito mais resistentes do que o látex ou o vinil, podem ser usados ​​por um longo tempo, não contêm nenhum pó e são testados quanto à durabilidade pelo FDA. Luvas de nitrilo tendem a vir em duas cores, azul e preto, para que o usuário possa ver imediatamente se há um furo. A maioria das pessoas associa luvas azuis a dentistas e cirurgiões, então o preto se torna a escolha óbvia. Além disso, ao contrário das luvas de látex e de vinil, as luvas de nitrila vêm em várias espessuras. Muitos pitmasters preferem os de serviço pesado, como esses, que são mais resistentes ao calor e a coisas afiadas como facas, ossos e cartilagem.

Além disso, mencionamos que eles parecem legais?

Se você está com vontade de churrasco, confira uma das melhores redes de churrasco da América.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Chopped Grill Masters mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E havia TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado rsquo, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também se acumulam em desafios de meio-desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à sua comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs.Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.


American Barbecue Showdown: um grande elenco lança Netflix e a nova competição de churrasco do # 8217s

Confronto de churrasco americano é uma nova competição de realidade do Netflix que não tenta reinventar ou reimaginar a forma, apenas recauchuta territórios bem trilhados. Food Network já esteve em churrasqueiras antes, com Masters grelhados picados mesmo um Food Network Challenge episódio intitulado & ldquoGreat American BBQ Showdown. & rdquo E houve TLC e Destination America & rsquos Pitmasters de churrasco, que acompanhou as equipes enquanto viajavam para as competições de churrasco.

Portanto, isso não é novo. Mas também não há uma exigência de reinventar a roda da competição de realidade a cada show, porque se você fizer isso bem, como The American Barbecue Showdown faz, ele & rsquos oito episódios perfeitamente bons que são fáceis de rolar.

Ter uma competição com o tema churrasco estreando no final de setembro, no final do verão, e não no início, parece um pouco estranho, especialmente porque o episódio dois tem um desafio com o tema 4 de julho. Mas este é um ano estranho & mdashwith reality shows de verão indo ao ar no outono & mdashso pode não ser perceptível.

O que é muito perceptível é o calor. É um show muito suado, entre a temperatura das churrasqueiras e a Geórgia no verão. "Acho que meus cílios estão derretendo", diz a concorrente Tina. Filmado em setembro passado fora de Atlanta, em Covington, Geórgia, local para casamentos chamado EnChanning Occasions, it & rsquos ambientado em um celeiro enorme e cavernoso que se torna uma despensa e cozinha, enquanto cada concorrente tem sua própria área de churrasco do lado de fora com várias maneiras de fumar e grelhar .

O American Barbecue Showdown apresenta Rutledge Wood e Lyric Lewis, e os jurados Melissa Cookston e Kevin Bludso (Foto por Netflix)

Apesar da escala maior e localização ao ar livre, The American Barbecue Showdown é definitivamente mais Food Network do que O Grande Bake-Off Britânico, embora começando com o título, obviamente tenta atingir algumas notas do programa de culinária do Reino Unido, com vários graus de sucesso: há ilustrações simples e pouco inspiradas dos concorrentes e churrasco planejado, e cada episódio termina com uma limonada encantadora e torrada de chá gelado entre os restantes concorrentes.

Ele também tem entrevistas em que os competidores dizem coisas vazias como, I & rsquom indo para casa ou I & rsquom ficando e algumas vozes realmente óbvias, das quais eu sempre suspeitei nas competições de realidade.

Existem momentos de leviandade, mas The American Barbecue Showdown também quer ser levado a sério. Há gentileza, mas também algumas críticas acerbas. No primeiro episódio, os juízes sentam-se em cadeiras, com os anfitriões empoleirados na traseira de uma caminhonete, e telegrafam tudo o que eles vão dizer novamente quando realmente experimentarem a comida. Literalmente, nenhuma das decisões dos juízes é uma surpresa.

Mas os juízes estão. Melissa Cookston, 7 vezes campeã mundial de churrasco, é essencialmente a juíza principal e pode muito bem ser a anfitriã também. Cookston, que & rsquos julgou Pitmasters de churrasco e escreveu Smokin & rsquo no Boys & rsquo Room: receitas do sul da mulher mais vencedora do churrasco, apresenta desafios, dá comentários coloridos que & rsquos incisivos e educacionais, fala com os competidores e fala palavras arrastadas como & ldquoAdaptar e superar, baby & rdquo e & ldquoVocê quer me comer porque eu & rsquom um sanduíche de churrasco grande e velho. & rdquo

Tina Cannon no American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

Kevin Bludso, um famoso mestre de obras e proprietário de restaurante que também esteve em Bar Rescue e julgou o show canadense Mestres do fogo (que vai ao ar no Cooking Channel nos EUA), é o outro juiz, e é o melhor com descrições vívidas e reações ao que ele está comendo.

Juntos, eles têm tudo coberto, mas por algum motivo pouco claro, Confronto de churrasco americano também tem dois hosts. Rutledge Wood e Lyric Lewis não têm quase nada para fazer. Eles quebram como guardanapos de papel de uma folha em um churrasco: no final das contas, são inúteis e ineficazes.

Os desafios apresentam desafios reais, especialmente com tempo limitado para infusão de sabor ou cozimento lento, mas os produtores também acumulam desafios no meio do desafio. Quando uma competidora, Georgia, é informada sobre o & ldquomid-smoke challenge & rdquo, ela diz: & ldquoNão houve tempo na programação para uma reviravolta. & Rdquo diz Georgia, que & rsquos planejou tudo para o desafio, e eu posso & rsquot imaginar como ela & rsquos nunca assistiu uma competição de realidade.

Sua ideia mais criativa é o episódio quatro & rsquos competição entre chaves dentro de um episódio: todos competem em várias rodadas & mdashcreating sandwiches & mdash mas aqueles no topo movem-se para uma chave de vencedores, a salvo da possibilidade de eliminação.

Mas onde se destaca é no elenco & mdash de seus juízes, e com seus competidores. E, mais especificamente, é excelente em vincular as vidas e experiências de seus competidores à comida, explorando por que eles precisam fazer as escolhas que fazem, seja para homenagear um amigo e ex-membro da equipe da competição de churrasco, ou para homenagear sua herança.

(The American Barbecue ShowdownOs episódios de & rsquos são dedicados a Mary Fanto, a diretora de elenco do show & rsquos, que morreu no ano passado. Ela também trabalhou na seleção de outros reality shows, incluindo The Great American Baking Show.)

Rasheed Philips, um concorrente do The American Barbecue Showdown (foto da Netflix)

A edição nos dá várias camadas, de modo que os competidores não são tão monótonos quanto podem ser nos programas da Food Network e, como foram bem escalados, todos têm históricos interessantes.

Rasheed Philips, por exemplo, nasceu na Jamaica e tem bisavós que moraram na Colômbia, onde ajudaram a construir o Canal do Panamá e o introduziram na culinária latina. E embora saiba churrasco, aprendeu a cozinhar com Julia Child.

Tina Cannon foi para a escola de culinária e desde então ganhou campeonatos de churrasco, agora ela trabalha como chef do Meals on Wheels. As reações de Tina às reviravoltas e aos ingredientes que ela recebeu devem se tornar GIFs ou memes.

Os competidores são personagens, literalmente: há um competidor chamado Shotgun e outro chamado Grubbs. Grubbs nos disse que soletra & ldquosandwich & rdquo & ldquosammich & rdquo e disse a um jornalista que os produtores do programa lhe disseram para deletar uma postagem de 2013 nas redes sociais sobre Elizabeth Warren.

Você pode sentir a forma como a edição faz a mesma coisa: suaviza todos e rsquos e tudo e arestas, então, no final das contas, este será um show agradável. Os competidores parecem legitimamente legais e gentis uns com os outros, rápidos em se oferecerem ajuda e abraços.

Eu sou muito grato por termos passado com segurança pelo Hell & rsquos Kitchen era da competição de comida de reality show, e também feliz por ter uma competição de reality show competente e bem elaborada como The American Barbecue Showdown.

Confronto de churrasco americano: B +

Todo o conteúdo desfocado pela realidade é selecionado de forma independente, incluindo links para produtos ou serviços. No entanto, se você comprar algo depois de clicar em um link de afiliado, posso ganhar uma comissão, o que ajuda a manter a realidade borrada. Saber mais.