Novas receitas

As 8 melhores maneiras de se reidratar após um treino (apresentação de slides)

As 8 melhores maneiras de se reidratar após um treino (apresentação de slides)


Tente beber cerca de 8 a 10 onças de líquidos para cada 15 minutos de exercício

Thinkstock

Os antioxidantes das cerejas aliviam o inchaço pós-treino e a inflamação nas articulações.

Suco de cereja

Thinkstock

Os antioxidantes das cerejas aliviam o inchaço pós-treino e a inflamação nas articulações.

Leite de amêndoa

Thinkstock

Leite de amêndoa com sabor de chocolate pode ser bom para você também, se você não se importar com o sabor puro.

Suco natural

Thinkstock

Evite o xarope de milho rico em frutose encontrado em alguns sucos concentrados: opte pelo suco integral, que mantém as fibras, vitaminas, minerais e eletrólitos que estão naturalmente presentes nas frutas e vegetais.

Chá

Thinkstock

Os antioxidantes que estão naturalmente presentes nos chás ajudam a desintoxicar o corpo e a apoiar o metabolismo, além disso, há um alto teor de água no chá para ajudá-lo a se reidratar.

Água de côco

Thinkstock

A água de coco é uma maneira excelente e refrescante de repor os eletrólitos perdidos e reidratar.

Shakes de proteína

Thinkstock

Os shakes de proteína naturais sem pó podem ajudar a substituir os aminoácidos.

Água

Thinkstock

Água pura, simples e cristalina é melhor para você: não as variedades com sabor que têm ingredientes desnecessários e tóxicos.

Bananas Misturadas com Laranjas e Água

Thinkstock

Após um treino intenso, uma saborosa mistura de bananas com laranjas e água pode repor minerais e vitaminas, além de fornecer açúcares naturais.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma ótima digestão e absorção, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição pós-treino balanceada com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é super importante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, reserve 10 minutos para si mesmo. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para quebrar o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo.É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.


8 maneiras de maximizar sua recuperação pós-treino

As etapas que você executa para se recuperar corretamente são tão importantes quanto o próprio treino. Aqui está o que você precisa saber.

O treino acabou e você está coberto de suor, prova visual de um grande esforço. Você se esforçou ao máximo, incendiou seus glúteos e agora está se sentindo ótimo por um trabalho bem feito.

Mas é aí que começa o verdadeiro trabalho. O que muitas mulheres não percebem é que a verdadeira magia não acontece quando você está na academia, mas quando você está fora dela. O treinamento dilacera seu corpo. É quando você descansa e se recupera que seu corpo repara todos os tecidos musculares danificados e garante que você volte mais forte do que nunca.

Adote alguns desses oito hábitos para se beneficiar mais com os exercícios que você já faz e aumentar seu condicionamento físico.

1. Pegue o rolo de espuma

Provavelmente, você já está fazendo alguns alongamentos para terminar o treino. Enquanto você estiver no tapete, adicione espuma em sua rotina.

Rolar a espuma é uma técnica excelente para romper o tecido cicatricial do exercício, estimular o fluxo sanguíneo e soltar os tecidos musculares para diminuir a dor pós-treino.

Além do mais, se você fizer isso rotineiramente, o rolamento de espuma pode mantê-lo flexível e ajudá-lo a se machucar ao longo do tempo.

2. Tome um probiótico

Os probióticos melhoram a recuperação? Estranho, mas é verdade. As bactérias saudáveis ​​em seu intestino desempenham um papel fundamental em manter não apenas o sistema digestivo, mas também o sistema imunológico saudável.

Um sistema imunológico saudável não apenas protege contra doenças, mas permite que seu corpo tolere os estressores da vida cotidiana - incluindo exercícios. Os treinos pesados ​​cobram mais seu tributo e são mais difíceis de recuperar quando o sistema imunológico não está em condições de agir.

E como até 80% do sistema imunológico reside no intestino, tudo começa com os níveis adequados de probióticos. [1]

Não gosta de comer iogurte ou kimchi todos os dias? Pegue um suplemento probiótico de qualidade (como este da Revel) e você estará pronto.

3. Consumir proteína suficiente

Acha que os shakes de proteína são apenas para pessoas que estão tentando crescer? Pense de novo. Um batido de proteína pós-treino dá aos músculos uma injeção rápida de aminoácidos para iniciar a recuperação, ao mesmo tempo que o ajuda a atender às suas necessidades totais de proteína. Não tem certeza de quanta proteína você precisa por dia? Use esta calculadora de proteína.

Revel Protein é uma ótima escolha. Ele adicionou enzimas digestivas para uma digestão e absorção ideais, bem como fibras para mantê-lo satisfeito.

4. Coma comida de verdade

Embora o tremor pós-treino diga aos seus músculos que é hora de se reconstruir e reparar, não é suficiente para estimular a recuperação por si só. Cerca de uma hora após o treino, faça uma refeição equilibrada pós-treino com alimentos frescos.

Para esta refeição, você deseja uma fonte sólida de proteína junto com alguns carboidratos complexos. [2] Agora não é hora de economizar nos carboidratos! Seu corpo os usará para repor os níveis de glicogênio muscular.

Mesmo se você seguir uma dieta baixa em carboidratos, consuma a maioria dos carboidratos que permite logo após o treino. É quando seu corpo pode otimizar o uso deles.

Além disso, certifique-se de incluir vegetais ou frutas frescas, que fornecem antioxidantes e outros micronutrientes importantes que ajudam seu corpo a se recuperar. Além disso, eles têm um gosto bom!

5. Reidratar

Ao suar durante o exercício, você perde muita água, afetando a capacidade de funcionamento de seus músculos (e de outros sistemas). Uma bebida de hidratação pós-treino pode ajudar a substituí-la para promover uma recuperação ideal.

Você poderia pegar uma bebida esportiva açucarada, mas Revel Recovery oferece maiores benefícios sem as calorias vazias. É feito com água de coco, uma das melhores formas naturais de reidratar e promover uma recuperação mais rápida dos exercícios. [3] O teor de potássio natural da água de coco ajuda a absorver o líquido ingerido, tornando-o melhor do que apenas água.

Este suplemento multifuncional de fitness também contém aminoácidos de cadeia ramificada vegan, que ajudarão a levar sua recuperação um passo adiante. E tem um gosto tão bom que você vai querer saboreá-lo o dia todo. Desidratação? Nunca ouvi falar disso.

6. Considere o colágeno

Mais um ingrediente bônus no Revel Recovery é o colágeno. O colágeno é um peptídeo proteico que constitui os tendões, ligamentos e outros tecidos conjuntivos. O tecido conjuntivo saudável é crucial para evitar lesões de treinamento, como tendinite ou ligamentos rompidos, que podem atrapalhar seu progresso conquistado com tanto esforço.

Os suplementos de colágeno ajudam a manter a saúde das articulações para que você possa permanecer no jogo. Você também pode obter colágeno de caldo de osso, carne e peixe - especialmente se você comer a pele.

7. Periodize Seu Programa

O tipo de rotina de exercícios que você realiza em primeiro lugar é uma grande parte do processo de recuperação. Mesmo que você não se considere um atleta hardcore, é superimportante periodizar seus treinos.

Periodização significa que há momentos em que você pressiona muito e outros recua e se concentra em exercícios mais leves, descanso e recuperação. Essa abordagem é típica entre os atletas, pois garante que você empurre com força e melhore o condicionamento físico, ao mesmo tempo que permite um descanso adequado.

Todas as semanas, inclua exercícios fáceis e dias de recuperação em torno de seus treinos mais difíceis. A cada mês ou mais, troque seu programa desafiador por uma semana inteira de exercícios menos intensos.

Se você segue um programa All Access da Bodybuilding.com, provavelmente já está periodizando seu treinamento, uma vez que os dias de recuperação estão incluídos na programação. Reserve uma semana tranquila depois de terminar cada programa e você estará coberto.

8. Pegue 10

Depois de tomar banho e sair do vestiário, não se apresse para continuar com o resto do dia. Em vez disso, dedique 10 minutos para você. Faça uma rota panorâmica para casa, sente-se com seus pensamentos, saboreie aquela deliciosa refeição pós-treino ou encontre algo pequeno de que goste para limpar o estresse de sua vida.

A maioria de nós está no modo vai, vai, vai e raramente desiste. Isso contribui para se sentir oprimido, estressado e incapaz de lidar com a situação.

Qualquer forma de estresse, seja de vida ou de treinamento, prejudica nossa capacidade de recuperação do exercício físico. [4] O corpo não aguenta muito, por isso é vital respirar de vez em quando para recuperar a sensação de calma e controle. Lembre-se de que a vida é mais do que trabalho, boa forma e nutrição!

A recuperação não é um processo de uma etapa. É basicamente tudo o que você faz quando não está malhando. Faça certo e seu tempo na academia valerá muito mais.

Referências

  1. Zoumpopoulou, G., Pot, B., Tsakalidou, E., & amp Papadimitriou, K. (2017). Probióticos lácteos: além do papel de promover a saúde intestinal e imunológica. International Dairy Journal, 67, 46-60.
  2. Ziegenfuss, T. N. (2004). Suplementação de carboidratos e proteínas pós-treino. Jornal de condicionamento de força e amplificação, 26(3), 43-44.
  3. Saat, M., Singh, R., Sirisinghe, R. G., & amp Nawawi, M. (2002). Após exercícios de reidratação com água de coco jovem e fresca, bebida com carboidratos e eletrólitos e água pura. Jornal de Antropologia Fisiológica e Ciências Humanas Aplicadas, 21(2), 93-104.
  4. Budgett, R. (1990). Síndrome de overtraining. British Journal of Sports Medicine, 24(4), 231-236.

Sobre o autor

Shannon Clark

Shannon Clark é redatora freelance de saúde e condicionamento físico localizada em Edmonton, Alberta, Canadá.